Queda de Cabelo: Causas diversas

Pessoas perdem cerca de 100 fios por dia, a queda só deve ser uma preocupação quando começam aparecer sinais aparentes: acumulo de fios no ralo da pia ou do chuveiro, na escova, nas roupas ou no travesseiro. Quando caem tufos ou há um afinamento, é hora de procurar um médico.

Bons planos de saúde cobrem tratamento contra queda de cabelo.

Queda de cabelo

Queda de Cabelo, causas internas

 Stress emocional

Situações de stress psicológico severo podem ser tão debilitantes para o organismo quanto um trauma físico. Excesso de trabalho, preocupação com algum problema sério, término de um relacionamento, perda de um ente querido ou outras ocorrências podem fazer com que o corpo reaja da mesma forma que a uma doença, concentrando os recursos disponíveis na sua recuperação e deixando de lado as funções secundárias (como o crescimento dos cabelos).

Doenças

Inúmeras doenças podem afetar o crescimento do cabelo, pois uma das maneiras que o organismo tem de reagir a esses quadros é concentrar todos os seus recursos na cura da doença  e as funções menos importantes, como o crescimento dos cabelos, ficam de lado. Entre elas incluem-se algumas doenças de pele (caspa, micose, psoríase etc) e doenças crônicas (diabetes, reumatismo, doença de Crohn etc), até doenças agudas associadas à febre alta e gripe podem prejudicar os folículos capilares.

Queda de Cabelo, causas naturais

Envelhecimento

Os efeitos que o envelhecimento causar no cabelo são diversos: os fios vão ficam brancos, o cabelo tende a se tornar mais fino e seco, propenso a quebrar com mais facilidade. As alterações podem ser facilmente contornadas pois nem todo mundo encara essas mudanças como um problema:  o uso de óleos capilares para manter a cor dos cabelos bonita e uniforme, tingi-los de outras tonalidades, ou até adotar penteados que criem mais volume.

Queda de Cabelo, causas externas

 Tabagismo

O cigarro provoca envelhecimento precoce da pele (onde se encontram os folículos capilares), além de prejudicar o sistema circulatório (inclusive os pequenos vasos que sustentam os fios), poder causar danos ao DNA das células (o que pode prejudicar a reprodução das células que compõem o cabelo) e enfraquecer o sistema imunológico (deixando o corpo mais vulnerável a várias doenças que podem fazer o cabelo cair ainda mais). Ou seja, se você é fumante pode acabar ficando calvo mais rápido!

Medicamentos

Os medicamentos também podem provocar queda de cabelo, como consequência aos efeitos colaterias. Neste caso, a queda de cabelo só se torna visível algumas semanas após o início do tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *