Dor de Garganta

Dor de Garganta | Saiba como lidar com esse mal estar antes que evolua

Dor de garganta é um sintoma doloroso que se caracteriza pela presença de inflamação, dificuldade para engolir os alimentos ou até mesmo para falar. Ela pode ser passageira ou prolongada e ainda acompanhada de uma gripe.

A dor de garganta pode cessar sem tratamento médico algum ou com o uso de anti-inflamatórios ou antibióticos. Porém, se ela persistir é recomendado ir ao médico para que ele indique o tratamento apropriado.

Principais causas da dor de garganta

De forma geral as causas mais frequentes para a dor de garganta são:

  • Gripe ou resfriado, causados por infecção viral;
  • Tabagismo ou poluição do ar;
  • Inflamação da epiglote;
  • Refluxo de ácido estomacal para a garganta;
  • Faringite, podendo ser causada tanto por infecção viral quanto bacteriana;
  • Laringite, provocando voz rouca e tosses;
  • Amigdalite, podem ser identificadas pela presença de pus;
  • Baixa umidade;
  • Machucado físico, causado por algum corte.

Em casos mais raros, a dor de garganta pode ser provocado até por alguma DST – doença sexualmente transmissível, como a gonorreia por exemplo.

Sintomas comuns

Dor de Garganta

A dor de garganta já é um sintoma em si, mas que pode se manifestar de outras formas como:

  • Sensação de arranhado na garganta;
  • Dor ao engolir ou falar;
  • Rouquidão;
  • Glândulas inchadas no pescoço;
  • Amígdalas inchadas ou com a presença de pus.

Geralmente a dor de garganta aparece junto com outros sintomas, associadas a outros tipos de infecções como:

  • Febre;
  • Espirros;
  • Tosses;
  • Dores no corpo;
  • Nariz escorrendo;
  • Dores de cabeça;
  • Vômitos ou náuseas.

Tratamentos

O tratamento para dor de garganta varia bastante e depende da causa. Pode ser usado antibióticos ou anti-inflamatórios para o seu tratamento.

Alguns produtos naturais também podem ser utilizados no tratamento, como mel; própolis; alho; gengibre e limão. Mas lembre-se que estas são apenas algumas formas de amenizar os sintomas e não tratar de forma real a causa do problema.

Então o ideal é que a pessoa faça um acompanhamento por um médico através de um plano de saúde, para, ai sim, ele receitar o remédio mais adequado para a sua situação e o tratamento mais eficaz.

Busque ajuda com um especialista

Apesar de parecer um problema simples, não espere que os sintomas da dor de garganta evoluam para graus mais elevados para procurar um tratamento médico. E siga a dica mais importante: nunca se automedique!

Assim, para garantir o melhor atendimento e os melhores tratamentos é imprescindível ter um plano de saúde. Apenas este benefício pode te oferecer uma infraestrutura de qualidade, preparada para atender toda e qualquer ocorrência.

Faça aqui uma rápida simulação de valores e confira como é possível adquirir inúmeras coberturas e benefícios pagando apenas uma pequena mensalidade. É tanta vantagem que você vai se questionar de porquê ter demorado tanto a contratar.