Sintomas de tuberculose - Identificando - Bem estar de hoje

Sintomas de tuberculose – Identificando

Os sintomas de tuberculose demoram a serem percebidos pelas pessoas infectadas. Normalmente confundem-se com sintomas de gripe como a tosse, perda de peso e febre. Contudo, esse equivoco pode ser fatal. A tuberculose é um caso grave, que além de afetar órgãos importantes no corpo pode levar a óbito.

Os sintomas de tuberculose – Entendendo

Os sintomas de tuberculose podem surgir de forma desapercebida. Sabendo disso é importante saber como a doença pode ser transmitida e quais os sintomas. Estando informado será mais fácil identificar e prevenir-se com antecedência.

O dia Mundial Do Combate a tuberculose, ocorrido neste sábado (24), pôs em discussão a ocorrência da doença no Brasil e no Mundo. Estando entre as dez doenças que mais matam no mundo, seus dados são preocupantes. No Brasil 70 mil pessoas são infectadas e 4.6 mil delas são levadas a óbito anualmente. Dado maior aos referentes à febre amarela e a dengue juntos.

A transmissão pode ocorrer pelo ar ou pelo contato. Podendo ser através da aproximação com secreções corporais de pessoas contaminada, como saliva, por exemplo. Lugares com falta de saneamento, com moradias precárias e muita aglomeração auxiliam a contaminação. É indicado lugares com muita ventilação e luz solar.

 

CONSULTE AQUI PLANOS DE SAÚDE

 

Como identificar os tipos e os sintomas de tuberculose

Os sintomas de tuberculose, seja em adultos, adolescentes ou crianças, são:

  • Febre;
  • Falta de apetite;
  • Perda de peso;
  • Mal-estar;
  • Dor no peito;
  • Cansaço;
  • Tosse seca por mais de duas semanas, acompanhada de secreção por no máximo um mês;
  • Palidez;
  • Dificuldade de respiração;
  • Colapso do pulmão;
  • Escarro com sangue;

É necessário que na identificação desses sintomas a pessoa procure orientação médica imediatamente.

Tipos de Tuberculoses

Tuberculose extrapulmonar –  Atinge outros órgãos como rins, ossos, intestinos e meningite. Não atinge o pulmão;

Tuberculose plureal – Quando a bactéria atinge a membrana do pulmão conhecida como pleura. Causa falta de ar e dor na região do tórax;

Tuberculose óssea – Quando a bactéria se desenvolve nos ossos. Seus sintomas são dores e inflamações na região da coluna vertebral.

Tuberculose ganglionar – Mais frequente em pessoas com vírus HIV. Causa aumento na região do pescoço, o que pode vir a desenvolver fistulas na pele.

Tuberculose cerebral –  Quando não tratado corretamente, pode evoluir para uma meningite. Ameaça formar tumores no sistema nervoso;

Tuberculose ocular –  Considerado raro. Inicialmente afeta o pulmão e depois parte para o globo ocular.

Tratamento

O tratamento procede com uma dose diária de antibióticos durante um período de 6 meses. Portanto se desconfia dos sintomas não deixe de procurar orientação profissional.

A Vitamina D é um ótimo assistente na melhora do tratamento. Ele auxilia as células a produzirem mais proteínas que ajudam a eliminar bactérias que causam a doença. É importante o aumento da Vitamina D durante o tratamento, e até mesmo como forma de prevenção à doença.

Saiba mais sobre alimentos ricos em Vitamina D.

Prevenção

A prevenção pode ser efetuada já após o nascimento dos bebes, através da vacina da BCG. Esta visa imunizar as crianças contra a tuberculose.

Outra forma de prevenção é manter uma alimentação saudável e uma boa higiene sempre que possível.

Não siga nenhum tratamento sem antes se informar com especialistas.

 

Relacionadas