Entenda os efeitos causados pelo cigarro

Entenda os efeitos causados pelo cigarro

Entenda os efeitos causados pelo cigarro, e que fumar tem um impacto extremamente negativo e isso prejudica muito o corpo e a mente, especialmente os pulmões, coração e pele. Fumar a longo prazo causa danos mais perigosos do que se imagina. O cigarro acaba tanto com o organismo da pessoa que pode ser ligado a doenças terminais. Contudo, o risco de doenças pode ser diminuído ao reduzir a quantidade de cigarros e depois acabar com esse hábito.

Fumar aumenta o risco de doenças fatais. Entenda os efeitos causados pelo cigarro:

Olhos

Fumar causa problemas de visão e em casos graves a possibilidade da cegueira é grande. O caso mais comum é a degeneração macular.

Nariz

Pode diminuir a capacidade olfativa e, também, causar cancro da cavidade nasal e do seio nasal.

Pernas

A Doença Arterial Periférica (DAP) é causada devido ao fumo e causa dano nos vasos sanguíneos. É possível que haja gangrena dos membros e, posteriormente, amputação em casos específicos.

Ossos

A densidade óssea diminui e pode causar fraturas mais fácil do que uma pessoa que não fuma.

Músculos

A quantidade de oxigênio é reduzida no sangue, dessa forma, sendo substituído por monóxido de carbono. As células musculares não recebem oxigênio suficiente, logo o cansaço é maior e frequente.

Pênis

Para os homens que fumam muito o risco de impotência é alto. É capaz de reduzir a espessura do esperma, bem como causar problemas de infertilidade.

Estômago e intestino

É possível que haja cancro se continuar a fumar. Quem tem o habito de fumar, tem um alto índice de ter úlceras no estômago.

Pulmões

80% das pessoas que desenvolvem cancro são fumantes. Bronquite e enfisema pode ser causado por causa do cigarro. Devido ao alcatrão dentro dos cigarros ocorre o bloqueio pulmonar.

Pele

Os vasos sanguíneos levados a pele, como o tecido conectivo, ajudam a manter a pele mais jovem. E fumar pode causar psoríase, um problema de pele inegavelmente incômodo e grave.

Ouvidos

Há possibilidades do paciente sofrer sequelas e, eventualmente, ficar surdo.

Cérebro

O risco de AVC é alto em fumantes, por causa da pressão arterial alta. Mais de 40% das pessoas antes dos 65 anos tem AVC por causa do fumo. Portanto há um grande risco para pessoas nessas condições.

Riscos para pacientes específicos

Para quem tem diabetes

Pacientes que possuem diabetes terão menos controle nos seus níveis sanguíneos de glicose do que os que não fumam. Portanto o cuidado é redobrado.

Para quem está grávida

Além de ter complicações sérias para o próprio organismo, quem sofre também é o bebê. Há um alto risco de aborto e morte súbita infantil, porque as mães estão fumando durante a gravidez.

Forma passiva

Crianças que ficam perto de pessoas que fumam diariamente, acabam por ter problemas respiratórios, alergias, asma, infecções pulmonares e morte súbita infantil.

Pare de fumar e cuide de sua saúde

Portanto, a nicotina tem um poder incrível de viciar. E parte desse domínio vem de seu efeito no cérebro e isso só é possível acontecer porque a nicotina aumenta os níveis de dopamina, um neurotransmissor que produz sentimentos de prazer.

Saiba mais sobre anticoncepcionais que pode causar trombose.

Relacionadas