dieta da pirâmide

Dieta da Pirâmide | Saiba como fazer a dieta do momento

A Dieta da Pirâmide Alimentar foi elaborada em 1992 pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos e adequada aos padrões da alimentação brasileira em 1999. Ela tem bases na pirâmide alimentar, funcionando, ainda, de maneira semelhante, com apenas algumas modificações que a torna voltada para o emagrecimento.

Dieta da Pirâmide | Saiba como fazer!

A pirâmide alimentar, base da dieta, corresponde à uma ilustração triangular, separada por 8 grupos de alimento. Cada agrupamento indica quais nutrientes devem ser priorizados na alimentação do nosso dia-a-dia. Tudo isso de maneira simples e objetiva. Os alimentos que constituem esses grupos são reunidos de acordo com suas características nutricionais e valores calóricos padrões determinados para a porção, tendo base para o número de porções consumidas uma dieta de 2.000 Kcal.

Por este motivo, na dieta da pirâmide, a quantidade a ser ingerida sofre algumas modificações que a deixam mais direcionada para a perda de peso. Desta forma, vamos apresentar como se constitui a alimentação com base na dieta da pirâmide, e como você deve realizar suas refeições.

Grupos alimentares que compõem a dieta da pirâmide

dieta da pirâmide

A segmentação dos grupos alimentares da dieta da pirâmide segue os princípios de uma alimentação saudável e equilibrada, sendo constituída por:

Grupo 1 – Carboidratos – 150 Kcal

Esse é o maior grupo alimentar, ou seja, constitui a base da pirâmide, sendo composto por alimentos fontes de carboidratos como pães; arroz; biscoitos; macarrão; dentre outros. Estas são as principais fontes de energia do nosso organismo, sendo recomendado de 5 a 9 porções ao dia, durante a realização da dieta.

Grupo 2 – Verduras e Legumes – 15 Kcal

Fazem parte desse grupo as verduras e legumes. O consumo recomendado é de 4 a 5 porções ao dia.

Grupo 3 – Frutas – 70 Kcal

As frutas são fontes de fibras, minerais e vitaminas, fundamentais ao organismo. Você pode investir em maça, banana, kiwi, entre outros. Portanto, sua recomendação é de 3 a 4 porções ao longo do dia.

Grupo 4 – Leite e Derivados – 120 Kcal

Este grupo também fornece proteínas ao organismo, assim como cálcio. Seu consumo recomendado é de até 3 porções ao dia, devido a presença de gordura saturada e colesterol em seus componentes. Entre eles, você pode optar por alimentos como queijo e iogurtes, por exemplo.

Grupo 5 – Ovos e carnes – 190 Kcal

Este é o principal grupo fonte de proteínas, sendo esse nutriente o grande responsável pela formação de novos tecidos em nosso corpo. É importante que seu consumo não exceda 2 porções ao dia, pois normalmente são ricos em gorduras saturadas e colesterol. Dessa maneira, coma, porém com moderação.

Grupo 6 – Leguminosas – 55 Kcal

As leguminosas são fontes de proteínas de origem vegetal, como feijões, soja, castanhas e grão de bico. O consumo recomendado é de pelo menos 1 porção ao dia.

Grupo 7 – Óleos e gorduras – 73 Kcal

Os óleos e gorduras podem ser ingeridos em até duas porções ao dia, todavia, sem exceder, de maneira alguma, esta quantia. É recomendado dar preferência por alimentos fontes de gorduras boas como azeites, linhaça, óleo de soja e castanhas.

Grupo 8 – Doces e açúcares – 110 Kcal

Esse grupo alimentar é formado pelos açúcares e doces ou produtos açucarados, sendo seu consumo limitado em 2 porções ao dia. Assim sendo, é importante que esta quantia não seja ultrapassada. Entre eles se encontram o mel, sorvete, bolo e outros.

Como fazer a dieta da pirâmide?

dieta da pirâmide

Para te ajudar a usar esses grupos alimentares em suas refeições nas quantidades corretas, temos abaixo algumas sugestões para ser inserido no seu dia a dia, confira:

Café da Manhã/Lanches

– 2 fatias de pão integral

1 copo de leite de soja

meia unidade de mamão papaia ou uma banana

Outras sugestões:

– Leite desnatado com granola;

– Suco de laranja e biscoitos com queijo magro.

– Uma xícara de café com leite desnatado e torradas com queijo branco, mais 1 fatia de melão;

Almoço e Janta

Para completar todos os nutrientes necessários, a refeição deve conter metade do prato com vegetais cozidos ou crus. Já a outra metade do prato deve ser preenchida com 1/4 de porção de proteína animal (carne, peixe, frango ou ovos), uma porção de proteína vegetal (feijão, soja ou grão-de-bico) e apenas 1/4 de carboidrato. Desse modo, para manter uma rotina saudável é recomendado fazer essas refeições a cada 3 horas.

Cuidados com a alimentação e bem-estar

dieta da pirâmide

Como você percebeu a dieta da pirâmide não é uma prescrição rígida, e sim um guia para uma alimentação mais saudável. Todavia, para orientações individuais, não deixe de consultar um nutricionista. Este é o profissional que vai te indicar os melhores alimentos de acordo com suas necessidades nutricionais. Portanto, antes de iniciar está, ou até mesmo outra, dieta, é necessário se consultar com um profissional. Mais importante ainda é manter um acompanhamento com este profissional. Apenas assim ele poderá indicar se a dieta está trazendo benefícios, e ainda indicar melhorias.

Infelizmente, sabemos que manter um acompanhamento médico pelo plano de saúde é difícil, assim como não é nada econômico investir em consultas particulares. Desta maneira, a melhor opção para você e sua saúde é adquirir um plano de saúde. Com um plano de saúde você garante acesso à diversos profissionais e especialista no campo de nutrição e bem-estar. Dessa maneira, além de se consultar com um nutricionista, de sua preferência, você ainda pode realizar acompanhamentos periódicos e outros procedimentos. Tendo um Plano de saúde, você ainda adquire uma gama de coberturas e acessos contínuos à consultas e exames. Dessa maneira, também previne sua saúde e seu bolso, para necessidades futuras e imprevistos. O que está esperando? Veja aqui as oportunidades que um convênio médico pode te oferecer e contrate o melhor plano aqui!

 

 

Relacionadas